Resident Evil 3 ganha nova versão em 2020

No começo do ano passado, o remake de Resident Evil 2 caiu como uma bomba. Revigorou por completo os fundamentos deixados pelo criador da franquia, Shinji Mikami, num longínquo 2005 com Resident Evil 4, recriou cenários icônicos, como a delegacia de Raccoon City, e reintroduziu personagens simbólicos, como Leon e Claire, a toda uma nova geração. O triunfo foi total. Ou quase. Agora, pouco mais de um ano depois, algo semelhante é sugerido a Resident Evil 3, mesmo sem o Nemesis no título. Já foram vinte anos do confronto heroico de Jill Valentine não só com a aberração biológica, mas também com a megacorporação Umbrella, dona de Raccoon City. “Se ao menos eles tivessem coragem para diz a ex-S.T.A.R.S. em seu impactante monólogo no início do jogo original….

A maior pandemia já vista

É importante contextualizar, assim como lembrar é viver: em 1999, o mercado multimidiático e de entretenimento estava em polvorosa —teria sido o bug do milênio o responsável pela explosão criativa da época? Resident Evil já era um fenômeno de vendas e a Capcom procurava tirar o máximo de proveito possível do momento. Yoshiki Okamoto, o então produtor responsável pela franquia, gerenciava diversos projetos: Resident Evil 0 para Nintendo 64, um tal novo capítulo numerado na Europa, uma nova visão em primeira pessoa a série e uma ideia menor, mais experimental e até indie. O que viria a ser Resident Evil 3: Nemesis, nasceu como um jogo de sobrevivência na cidade sitiada, com total inspiração no seminal filme A Noite dos Mortos-Vivos, de 1968. Razões contratuais trouxeram a heroína do primeiro jogo, Jill Valentine, para os holofotes, com storyline bem definido: dar fim ao arco em Raccoon City

O novo Resident Evil 3 acerta em cheio ao fazer de Raccoon City sua maior fonte de inspiração. Graças ao poderio técnico da RE Engine, é possível mergulhar em um nível de detalhamento quase sem precedentes. Fãs do original encontrarão uma infinidade de minúcias, sempre ladeando novidades muitíssimo bem-vindas na antes pacífica cidade. Estamos no coração da hecatombe zumbi e “a pandemia se espalhou mais rápido que qualquer outra na história moderna…”, como noticia desesperadamente a repórter no início do jogo. Qualquer relação com a realidade não é mera coincidência?
prólogo de Resident Evil 3 já figura entre os grandes momentos da franquia. Há surpresas o suficiente para entusiasmar até aos mais criteriosos, e a forma como o roteiro nos reapresenta à icônica Jill Valentine, sem dúvida uma das personagens mais populares dos videogames, é nada além de memorável. Mais acertada ainda é a decisão de trazer Nemesis, a monstruosidade da Umbrella cujo único objetivo é exterminar os dois membros restantes da já desmantelada unidade especial S.T.A.R.S., logo cedo na aventura. O tom irrecuperável é dado, assim como o produtor Masachika Kawata havia apontado: há mais ação dessa vez, mas isso não significa que o terror seja tolhido por consequência. Afinal, a tensão é algo inerente a quase toda jornada de Jill nessa espiralada infernal de mãos dadas a cidade-cobaia da Umbrella. O novo Resident Evil 3 acerta em cheio ao fazer de Raccoon City sua maior fonte de inspiração. Graças ao poderio técnico da RE Engine, é possível mergulhar em um nível de detalhamento quase sem precedentes.

Parasitas e tiranos

Nessa fuga descontrolada, você usa fintas úteis para lidar com a mortualha trôpega, e é um alívio ver como o comando do jogo original funciona tão bem quanto o botão dedicado a isso. Há inevitáveis interações com objetos de cenário, como barris de combustível, baterias energizantes e geradores distribuindo choques. Jill, totalmente consciente dos reais responsáveis pelos catastróficos eventos desencadeados em Raccoon City, se depara com membros da U.B.C.S., uma espécie de unidade especial da Umbrella designada para conter a situação e salvar civis. São mercenários cujo intento designa-se aos espólios e nada mais. Ou estaríamos todos enganados?

A participação do Cabo Carlos Oliveira, subalterno tanto do Capitão Mikhail Victor quanto do Sargento Nicholai Ginovaef, é um tanto mais acentuada, até ríspida. Carlos figura em momentos icônicos do jogo original e também deste, tornando-se ainda mais reconhecível e marcante desta vez. A figura nefasta de Nikolai paira em cada ação inescrupulosa confrontada por Jill, mas há algo ali que coloca todos no mesmo vagão de um trem desgovernado: Nemesis. Dentre as criaturas mais icônicas dentro e fora de seu ambiente de origem, o Tyrant em simbiose com o parasita NE-alfa trouxe, há mais de 20 anos, vida nova ao conceito de “protagonista indefeso”.

Itaquá distribuirá 13.573 mil cestas básicas

Prefeitura de Itaquá distribuirá 13.573 mil cestas básicas para famílias de baixa renda

A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de
Desenvolvimento Social recebeu a doação de 13.573 mil cestas básicas
para serem distribuídas às famílias de baixa renda assistidas pelo
Cadastro Único do município. Os mantimentos chegaram neste sábado ao
Ginásio Municipal de Esportes “Sumiyoshi Nakaharada” e tão logo serão
distribuídos pela municipalidade.

 

 

 

 

 

A ação faz parte do Programa Alimento Solidário anunciado pelo
governador do Estado de São Paulo, João Dória, em coletiva realizada no
dia 07 de Abril. De acordo com o Estado, as doações são provenientes da
iniciativa de diversos grupos da sociedade civil para impedir uma crise
humanitária em consequência da pandemia do novo coronavírus.

O objetivo do Estado é levar alimento a todas as famílias inseridas no
CadÚnico – cadastro federal oficial para inclusão em programas de
assistência social e transferências de renda-, que possuem renda de até
R$ 89,00 per capita mensal, como divulgado na página oficial do governo
de São Paulo.

Para receber a cesta, o beneficiário deverá apresentar o Número de
Identificação Social (NIS). Cabe ao município realizar a distribuição e
garantir que não haja aglomerações nos locais em que a retirada dos
alimentos serão realizadas.

A cesta básica contém alimentos diversos para suprir as necessidades de
uma família de quatro pessoas por um mês, entre os itens há feijão,
arroz, lentilha, leite em pó, sardinha, linguiça, farinha, macarrão,
biscoitos, entre outros.

O prefeito de Itaquaquecetuba, Dr. Mamoru Nakashima ressaltou a
importância dessa parceria com o Estado e do apoio ao município neste
momento. O gestor público reforçou o trabalho da administração e
informou que a Prefeitura irá comprar mais 20 mil kits de alimentos para
garantir que toda a população em situação vulnerável esteja assistida
durante o período de isolamento social.

“Esse apoio do governo do Estado é fundamental para o nosso município.
Estamos trabalhando em silêncio por aqui, mas vamos garantir que as
famílias em situação de vulnerabilidade tenham o seu alimento durante
essa pandemia”, afirmou o prefeito, que também é médico.

Vale lembrar que além dos mantimentos que serão comprados pela
Prefeitura de Itaquá e os já doados pelo Estado de São Paulo, a
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e o Fundo Social de
Solidariedade de Itaquá está distribuindo as 10 toneladas de alimentos
doados através de uma ação entre amigos e servidores da Secretaria de
Educação para ajudar os mais necessitados.

INFORMAÇÕES: Na segunda-feira, a Prefeitura divulgará a logística de
entrega das cestas e o telefone que as famílias inseridas no Cadastro
Único poderão ligar para saber se terão direito ao benefício.

Pico do Urubu em Mogi ganha novo visual

Após anos de esquecimento, o conhecido Pico do Urubu em Mogi das Cruzes ganha revitalização e mirante com capacidade para 200 pessoas.

Surpreende-se quem já conhecia o local predileto para voo livre na cidade de Mogi das Cruzes, o pico do urubu vem sendo revitalizado e já conta com um mirante com capacidade para 200 pessoa e calçamento com vagas para estacionamento, além de diversas lixeiras espalhadas pelo local.

IMG_20200308_164108842_HDR
A área é conhecida pela pratica de voo livre e pela bela paisagem e vista da cidade de Mogi das Cruzes e de todo o entorno da serra do Itapeti. Dentro das mudanças haverá um centro de apoio ao turista que deverá servir de abrigo para posto de informações ao turista e divulgação dos eventos culturais do município.

Os decks e o mirante serão de madeira rústica para melhorar a visibilidade. O estacionamento com vagas delimitadas para automóveis e motos é construído com piso intertravado, além de canteiros para compor o paisagismo do espaço. Por conta da legislação ambiental não haverá banheiro no local.

O investimento da Prefeitura de Mogi das Cruzes ficou em torno de 400.000,00 e ainda está em andamento. Contudo muitos turistas já frequentam o local e aprovam as mudanças que ressaltam este importante ponto turístico de todo Alto Tietê

Serviço: PICO DO URUBU
ENTRADA GRATUITA
Estrada da Cruz do Século – Mogi das Cruzes
Mogi das Cruzes / SP

SMECTI lança plataforma digital

SMECTI lança plataforma digital para crianças estudarem em casa

Neste momento em que, devido à pandemia de Coronavírus ( Covid 19), as aulas estão suspensas, a Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação disponibiliza material de apoio pedagógico e atividades para consulta digital.

As atividades têm por objetivo auxiliar os pais, familiares e responsáveis a passar um tempo de melhor qualidade com suas crianças.  O Núcleo de Formação Acompanhamento Pedagógico e Avaliação (Nfapa) elaborou alguns materiais com dicas para que todos aproveitem esse tempo em família: brincando e estudando.

Foram planejadas atividades desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental. Constantemente serão incluídas no site: sugestões de tarefas, dicas, jogos e brincadeiras. As atividades são consideradas de apoio, para que não haja prejuízos à aprendizagem do aluno, desta forma, auxiliará na rotina diária de estudos.

O secretário de educação, Fabiano Oliveira Novais, ressalta  que disponibilizar os materiais pelo site é uma maneira de possibilitar aos alunos que estão em casa a realização de atividades. “Essa atitude não substitui o professor em sala de aula, mas é uma medida para complementar a ação pedagógica. Elaboramos um vídeo tutorial ensinando passo a passo o acesso à plataforma digital”, explicou.

Segue abaixo um link  para que todos possam acessar as atividades sugeridas pelo Núcleo de Formação Acompanhamento Pedagógico e Avaliação (Nfapa).

Acesse: semecti.com.br/educacao

Fundo Social recebe doação de mais 7 toneladas de alimentos

O Fundo Social de Solidariedade de Itaquaquecetuba acaba de receber a doação de mais sete toneladas de alimentos de uma ação de solidariedade entre amigos e servidores da Secretaria de Educação. Os alimentos foram entregues nesta segunda-feira, dia 13 de abril, e serão destinadas para cerca de 600 famílias em situação de extrema vulnerabilidade cadastradas pelo Fundo Social e Secretaria de Desenvolvimento Social do município.

Entre os kits de alimentos que serão distribuídos há itens essenciais da cesta básica, como arroz e feijão, além de outros como farinha de milho, molho de tomate, açúcar, café, milho de pipoca, mistura para bolo, macarrão, leite em pó e outros.

Os alimentos foram recebidos pela primeira dama e presidente do Fundo Social, Joerly Nakashima, a dona Jô, pelas mãos do secretário de Educação, Fabiano Novais.

Dona Jô agradeceu a solidariedade de todos os doadores e a iniciativa dos servidores da pasta em contribuir com essa corrente do bem. “É um momento difícil para  muitas famílias da nossa cidade e não podemos desampará-los. Agradeço o gesto de generosidade de cada uma das pessoas que contribuíram. Continuaremos recebendo doações para atender o máximo de famílias que conseguirmos neste período da pandemia”, disse Dona Jô.

O secretário de Educação reforçou a importância de unir forças durante essa pandemia para que todos superem essa crise da melhor forma. “Sabemos que muitas crianças dependem das merendas escolares e que em muitos casos este é o único alimento que eles comem no dia. Nos unimos para garantir que essas famílias sejam atendidas e possamos superar esse período difícil com um pouco mais de tranquilidade”, frisou Novais.

Mãe de um aluno da rede municipal, Vanessa Reis de Lima, garante que os alimentos chegaram na hora certa. “Estava sem nada em casa, com as crianças passando dificuldade e o meu esposo sem trabalhar. Essa cesta chegou em boa hora vou aproveitar bem esses alimentos e dividir com a minha mãe também”, afirmou.

Na última semana, essa ação dos servidores da Educação já havia arrecadado três toneladas de alimentos e destinado ao Fundo Social, que na oportunidade distribuiu os mantimentos para cerca de 200 famílias.

Mais informações sobre doações de alimentos, produtos de higiene e limpeza direcionadas ao Fundo Social podem ser obtidas pelo telefone 4647 0155

Itaquá terá confecção de máscaras de proteção

Secretaria de Desenvolvimento Social inicia confecção de máscaras de proteção

Teve início nesta terça-feira, 14, a confecção de 3.500 máscaras de proteção que serão distribuídas aos funcionários e famílias contempladas por benefícios sociais de Itaquaquecetuba. Esta é uma das medidas de combate ao novo coronavírus na cidade. A produção é realizada na sede da Casa Aberta e conta com o apoio da Associação Cultural, Artes, Lazer, Educação e Esportes (Acaledee) e União dos Moradores da Vila Zeferina.

                De acordo com a coordenadora da Casa Aberta, Joana Oliveira, são seis costureiras e 15 outras pessoas que atuam no apoio para a confecção das máscaras, todas seguindo as orientações de higiene e distanciamento conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde. O material foi disponibilizado pela Secretaria de Desenvolvimento e Acaledee.

                A secretária de Desenvolvimento Social, Fabiana Costa, explicou que as máscaras serão fornecidas aos funcionários que estão na linha de frente do atendimento e às famílias contempladas com benefícios sociais ou em situação de vulnerabilidade social. “Vamos aproveitar o momento desta entrega para fornecer as máscaras às famílias”, disse.

Itaquá contabiliza 669 notificações

A Secretaria Municipal de Saúde de, sendo que desse total 513 casos ainda são considerados suspeitos, 101 foram descartados e ao menos 55 confirmados para COVID-19.

Além disso, subiu para 32 o número óbitos estão sendo avaliados como suspeitos pelo Instituto Adolfo Lutz no município. Três óbitos deram positivos essa semana e três óbitos já foram descartados para o novo coronavírus em Itaquá. O número de curados no para essa doença no município é de 47 pessoas.

Sobre os demais casos suspeitos, o município também segue aguardando o resultado dos exames enviadas ao IAL.

Cabe ressaltar que a Secretaria Municipal de Saúde segue adotando as medidas preventivas de isolamento e orientação para todos os casos suspeitos notificados.

Notificações – 669
Casos suspeitos em análise – 513
Casos descartados – 101
Casos confirmados – 55
Óbitos suspeitos – 32
Óbitos descartado – 3
Óbitos – 3

Curados – 47

PERFIL DOS INFECTADOS:

1 – (26-03-19) Homem de 23 anos, profissional de saúde que trabalha em Mogi das Cruzes, passa bem e está em isolamento domiciliar.

2- (30-03-19) Mulher, de 32 anos, profissional da saúde, que trabalha no Tatuapé. Ela se encontra em isolamento domiciliar e está bem.

3 – (31-03-19) Trata-se de um homem de 43 anos, autônomo, trabalha com entregas, passa bem e está em isolamento domiciliar, sem apresentar mais sintomas.

4 – (01-04-19) Homem, médico, 40 anos. Está bem, apenas apresentando sintomas leves e em isolamento domiciliar.

5 – (01-04-19)  Mulher, enfermeira, 31 anos. Está bem, apresenta sintomas leves e em isolamento.

6 – (01-04-19) Homem, 23 anos, trabalha na parte administrativa de um hospital em São Paulo. Está bem, com sintomas leve e em isolamento domiciliar.

7 – (02-04-19)  Mulher de 48 anos, profissional de saúde, apresentou sintomas leves e hoje está bem e em isolamento domiciliar.

8 – (02-04-19)  Mulher de 65 anos, teve contato com outro caso confirmado. Está internada, mas com boa evolução.

9 – (03-04-19)  Homem, 29 anos, profissional de saúde. Está bem e em isolamento domiciliar

10 – (03-04-19)  Mulher, 31 anos, dona de casa. Está bem, com sintomas leve e em isolamento domiciliar.

11 – (03-04-19)  Criança do sexo masculino, 1 ano. Está bem, apresentando sintomas leves e em isolamento domiciliar.

12- (03-04-19)  Criança do sexo feminino, 3 anos, apresenta sintomas leves, isolamento domiciliar.

13 – (03-04-19)  Mulher, 48 anos, profissional de saúde, em isolamento domiciliar, sintomas leves.

14 – (03-04-19)  Mulher, 60 anos, profissional de saúde, em isolamento domiciliar e com sintomas leves.

15 – (04-04-19)  Mulher, 38 anos, já está bem e não apresenta mais sintomas, encontra-se no período final de isolamento

16 – (04-04-19)   Mulher, 18 anos, filha do caso acima. Apresentou sintomas ainda mais leves que a mãe, isolamento domiciliar.

17 – (06-04-19)  Mulher, 31 anos, profissional de saúde, está bem, sintomas leves, isolamento domiciliar.

18 – (06-04-19)   Mulher, 37 anos, profissional da saúde, apresenta sintomas leves e está em isolamento domiciliar.

19 –  (06-04-19)   Homem, 34 anos, profissional de saúde, sintomas leves está em isolamento.

20 – (06-04-19)   Mulher, 35 anos, sintomas leves e está em isolamento domiciliar.

21 – (06-04-19)   Homem,  64 anos, aposentado, está internado mas apresenta boa evolução.

22 – (07-04-19) Homem, 27 anos, contaminado por familiar positivado, está bem e com sintomas leves.

23- (07-04-19) Mulher, 36 anos, profissional de saúde, sintomas leves, em isolamento domiciliar.

24- (07-04-19) Homem, 40 anos, profissional de saúde, sintomas leves, em isolamento domiciliar.

25- (07-04-19) Homem, 27 anos, profissional de saúde, sintomas leves, em isolamento domiciliar.

26- (07-04-19) – Homem, 78 anos, aposentado, internado sob cuidados intensivos.

27 – (13-04-19) Mulher, 45 anos. Sem comorbidade, evoluiu para óbito em 10/04/2020.

28 – (13-04-19) Homem, 40 anos, está internado, porém com boa evolução.

29 – (13-04-19) Homem, 31 anos, está internado, porém com boa evolução.

30 – (13-04-19) Homem, 62 anos, está Internado, porém com boa evolução.

31 – (13-04-19) Homem, 37 anos, está internado na UTI mas com boa evolução.

32 – (13-04-19) Mulher, 33 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

33 – (13-04-19) Mulher, 21 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

34 – (13-04-19) Mulher, 32 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

35- (14-04-19) Homem, 89 anos, apresentou sintomas em 31/03/20 e foi internado em 06/04/2020, falecendo no mesmo dia. Tinha  doença cardiovascular crônica.


36- (14-04-19) Homem, 42 anos, apresentou sintomas de tosse e desconforto respiratório em 03/04/20, sendo internado em 10/04/2020, faleceu no mesmo dia. Fazia uso frequente de narguilé.

37 – (14-04-19) Homem,  30 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

38 – (14-04-19) Homem,  45 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

39 – (14-04-19) Mulher,  44 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

40 – (14-04-19) – Mulher,  34 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

41 – (14-04-19) – Homem,  32 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

42 – (14-04-19) – Mulher,  53 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

43 – (14-04-19) – Homem,  25 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

44 – (14-04-19) – Mulher,  39 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

45 – (14-04-19) – Homem,  33 anos, profissional de saúde, sintomas leves, está bem e em isolamento domiciliar.

46 – (14-04-19) – Homem,  58 anos, ficou internado por 13 dias, está bem e em isolamento domiciliar.

47 – (14-04-19) – Mulher, 35 anos, filha do senhor de 58 anos acima. Está bem em Isolamento domiciliar.

48 – (14-04-19) – Homem, 31 anos, também filho do senhor de 58 anos acima, está bem e em Isolamento domiciliar.

49 – (14-04-19) – Mulher, 55 anos, esposa do senhor de 58 anos acima. Está bem e em Isolamento domiciliar.

50 – (14-04-19) – Mulher, 45 anos, trabalha na área administrativa de hospital, está bem e em isolamento domiciliar

51 – (14-04-19) – Mulher, 45 anos, profissional de saúde, está bem e em isolamento domiciliar.

52 – (15-04-20) – Mulher, 58 anos, internado em 03/04/2020 continua com cuidados intensivos com boa evolução.

53 – (15-04-20) – Homem, 62 anos, internado em 31/03/2020 continua com cuidados intensivo, com boa evolução

54 – (15-04-20) – Mulher, 64 anos, profissional da saúde. Está bem e com sintomas leves, em isolamento domiciliar

55 – (15-04-20) Mulher feminino, 48 anos, profissional de saúde, está bem, sem sintomas e em isolamento domiciliar